Você é o visitante Nº

REFLEXÃO!

Seja você quem for, seja qual for a posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá. De alguma maneira você chega lá.
- Ayrton Senna

POSTAGENS MAIS LIDAS DA SEMANA

terça-feira, 13 de março de 2018

UMA EXCELENTE NOTÍCIA, VOLTARÁ A CHOVER NO RN NOS PRÓXIMOS DIAS. CONFIRA

Os modelos climáticos de larga escala melhorame é possível que as chuvas voltem ao interior do Rio Grande do Norte nos próximos dias. A semana passada foi a que menos choveu desde o início oficial do inverno no semiárido, em fevereiro.

O Boletim Pluviométrico da Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn) registrou chuvas em apenas 14 dos 177 postos de monitoramento em setenta e duas horas - entre as 7h de sexta-feira (09) às 7h de ontem. As maiores foram em Martins, 28 milímetros, Jardim do Seridó (25,1mm), São João do Sabugi (25), Parazinho (22,8) e Parelhas (21,4).

Barragem Armando Ribeiro, que saiu do volume morto na semana passada, acumula hoje 287,2 milhões/m3 , 11,97% da capacidadeA “pausa” é atribuída pelos meteorologistas a uma combinação de fatores, entre eles uma bolha de água quente que se dirige da Oceania para o Pacífico Sul na borda inferior da área sob domínio de La Niña.

Para a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), um centro de alta pressão formou-se na atmosfera superior, inibindo a subida do ar úmido para formação de nuvens e, consequentemente, as chuvas na semana passada, no semiárido nordestino. É normal que essa pausa ocorra durante a estação chuvosa noNordeste, mas não no início de março.

Apesar disso, as condições estão favoráveis a um inverno normal – e até acima do normal - no sertão potiguar. La Niña atua no Pacífico, o Atlântico Norte está frio e a temperatura da superfície do mar do Atlântico Sul está subindo. “É bom que ela começa a aumentar em março, que chegue ao ápice em abril para manter as chuvas até maio.

A média de temperatura da água de superfície do Atlântico Sul, hoje, é de 26,3 graus. O ideal seria que ela subisse a 27ºC”, explica o meteorologista da Emparn, Gilmar Bristot.Ele lembra que os dados de larga escala de 2018 estão mais parecidos com os anos de inverno doque com os de seca. Além disso, a atividade solar não é tão intensa como nos anos de estiagem.
Fonte: Tribuna do Norte
POR:JS

ACESSE O NOSSO PORTAL DE NOTÍCIAS.jsblogueiro.blogspot.com.E TAMBÉM INTERAJA COM O GRUPO DO BLOG NO ZAP9-8890-6282.

OBRIGADO A TODOS POR MAIS DE 1.830.000 VISUALIZAÇÕES.

OBS:O ADMINISTRADOR DOS GPS NÃO SE RESPONSABILIZA PELOS COMENTÁRIOS DOS PARTICIPANTES.

Nenhum comentário:

Postar um comentário